Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» [Névoa] Gaiden 1 - Batalha pela Fronteira da Chuva
por Kaguya Onimaru Sex Set 02, 2016 9:45 pm

» 04 - A Batalha dos Condenados
por Uchiha Kouga Seg Jun 27, 2016 1:51 am

» 03 - A Arma Secreta da Névoa
por Kaguya Onimaru Sex Jun 24, 2016 7:52 pm

» 23 - Adeus, Kuroki Menma.
por Uchiha Kouga Sex Jun 24, 2016 12:46 am

» 02 - A Tempestade do Século
por Blackheart Qui Jun 23, 2016 10:18 pm

Parceiros
Fórum grátis

Naruto Anime RPG [NARPG]

08 - Kyuubi

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

08 - Kyuubi

Mensagem  Blackheart em Ter Jun 21, 2016 10:45 pm

Mestre diz:
As pernas do jovem chunnin doiam depois de tantas horas de viagem. Estavam próximos a uma cachoeira pequena com sua pequena equipe. Hana e o Jounin responsável pela equipe estavam parados frente a água. Hana agachada, bebia parte da água e o sensei permanecia parado, atento a redondeza. - Chegaremos nos próximos minutos, recebi informações do time de inteligência que houve perda de sinal com duas equipes. É possível que grupos de shinobis tenham emboscados eles... isso quer dizer que a informação de que estariamos indo foi descoberta por alguém interessado em nossas cabeças... - O Jounin apesar de experiênte, tinha a voz muito jovem. Provavelmente teria perto dos dezessete anos, para mais ou menos. Ele era sério, mais não parecia frio. No fundo, deveria ser um bom homem. Hana ergueu-se com uma mão sobre a cocha direita.. - Droga... não imaginei que fosse ser tão cansativo assim... estamos a mais de 30 horas diretos em viagem. Desta forma, iremos cansar todo nosso batalhão... além disto estamos indo com velocidade reduzida... - O Jounin ainda observando o horizonte, respondeu a jovem: - Não confunda as coisas, Hana-chan. Vocês já devem ter entendido por que houve a escolha de tantos Chunnins. Tobirama não permitira que tantos Jounins se sacrifica-sem pela vila. Seria uma perda muito grande de poder. Estavamos cientes de que possívelmente seriamos emboscados. Desta forma, juntamos pequenas equipes para espalhar. Estamos a frente do Hokage, servindo como iscas. Nosso objetivo não é sobreviver aqui, é apenas permitir que o Hokage não seja interferido em sua viagem. Nos, Jounins, fomos selecionados por Hashirama, pois ele se recusou a permitir que os Chunnins fossem descartados desta forma. Ele queria que os mesmos tivessem alguma chance... mais no fim, nos Jounins também somos descartáveis...
Uchiha Kouga diz:
- - Kouga ouvia as palavras de Hiro enquanto mantinha o ritmo de corrida, possuia um vigor considerável para a idade por culpa de sua dificuldade para aprender as coisas em estado de completa escuridão. - - Descartaveis é hum, fale por sí próprio Hiro-san... Eu não pretendo morrer tão jovem. - "Ainda existem contas a serem quitadas" - Pensava, lembrando-se de seu irmão e de sua vingança. Madara havia lhe mostrado o caminho do ódio, e que somente atravéz dele poderia conseguir poder. - - Eu discordo um pouco da sua linha de pensamento. Nós não estamos na frente para servirmos de sacríficio mas sim para enfrentarmos as dificuldades primeiro. Se eu conheço Hashirama-dono, ele quer que nos tornemos mais fortes mais rápido. Essa será uma boa oportunidade para isso. Não se trata apenas de uma missão importante, isso é um teste para todos nós; da nova geração... E eu não pretendo falhar. - Kouga falava em tom sério, parecia determinado a cumprir seu papel naquele esquadrão. - - Está cansada Hana? Posso te carregar nas costas se for demais para suas pernas.. - Kouga falou séria, porém a provocação estava mais do que clara em suas palavras.
Mestre diz:
Hiro pareceu sorrir em aprovação as palavras de Kouga, mesmo naquela situação demonstrou a força de vontade necessaria para sobreviver. "Entendo. Então este é o tipo de shinobi que você é, Kouga?" Hana se ergueu rapidamente em posição de prontidão. - Com quem pensa que está falando, Kouga-san? Eu superei você em TODOS os testes da acadêmia. Não pense que eu amoleci depois de tanto tempo!!! - Os olhos de Hana queimavam em fúria e Hiro descruzou seus braços. - Certo, esquadrão 9, vamos nos mover! - Rapidamente os três shinobis desapareceu entre as arvores da floresta... apesar de emoções e vontades diferentes, eles possuiam a famosa determinação do fogo...
Mestre diz:
A barriga do jovem Senju estava cheia, durante horas havia comido com seu tio Tobirama. Apesar de frio, distante, malvado, maléfico, cruel e arrogante, algumas vezes, só algumas, quase nunca, talvez uma vez a cada milénio, Tobirama demonstrava compaixão pagando o ramen de seu sobrinho. A noite estava bonita, pensava... e caminhou até a grande casa em que o Clã Senju ainda residia. Alguns membros montavam guardas na maior casa do bairro. No centro, o símbolo do Clã Senju enfeitava a porta da casa de Hashirama e a casa de Kazama... após a morte do pai de Kazama, Hashirama havia o adotado quase que como filho. Após alguns minutos adorando a lua, o jovem se aproximou da porta de madeira que abria a casa. Adentrou na mesma, percebendo não sentir a presença de ninguem, afinal era estranho Mito não estar presente a esta hora... é, talvez tivesse ido ver a lua... afinal, ela estava linda com a brisa fresca da noite...
Senju Kazama diz:
... Kazama comia desesperadamente, mas era um momento, entre os raros que curtia seu tio-avô... Pela noite, Kazama acenava para seus companheiros, agora com mais seriedade, mas os considerava guardas do clã e sim amigos e parentes... Kaz segue até o portão de sua casa - Wuuuaaaaaa... Acho que é só por hoje... - os ombros do garoto caem devido ao cansaço mental e o "desapontamento" por não ter ido na missão... - Bem... - ele entra alongando um dos braços, afinal ainda iria aos fundo da casa treinar um pouco que fosse... Ele adentra a casa e não percebe sequer um movimento - Ué? - ele coça a cabeça - "Hibaba Mito deveria estar aqui... Hunf... Que seja... Já comi mesmo! " - ele vai caminhando pelo grande salão, se direcionando para os fundos da casa... No caminho ele pensava - "Hibaba deve estar triste e tensa pelo Oijichan ter partido... Hum... Acho que depois do treino vou falar com ela... " - ... Ele seguia...
Mestre diz:
Kazama caminhou entrando na floresta. Apesar de cansado, insistia em querer treinar. Seus passos com o tempo ficaram constantes e pareceu até esquecer o sono, ele caminhou por horas, até que atravessou um pequeno arbustro que não permitia visão. Finalmente, chegaria ao antigo dojo de seu avô que adorava utilizar para treinar, mais forá interrompido. Seus olhos se desviaram por alguns instantes e pode ver algo vermelho ao chão. Em pé, um homem de longo cabelos negros e uma armadura de cor rubra ele se abaixou. Antes que pudesse ver qualquer coisa, uma grande explosão fez com que o jovem fosse arremessado a uma grande distância, se chocando em arvores e partindo algumas pelo caminho. No final, foi capaz de se segurar em um antigo tronco de uma arvore anciã e longa. Com o vento cessando, foi capaz de abrir novamente seus olhos para ser arremessado ao desespero. A besta de nove caudas estava em sua frente, suas caudas balançavam quase abraçando a lua e seus olhos se abriram em um vermelho demôniaco. Ela ergueu sua cabeça, soltando um grande berro em direção a lua e Kazama pode sentir o estrondondo poderoso da criatura... mais... se a besta de nove caudas estava solta... o sangue...
Senju Kazama diz:
... Kaz andava tranquilamente, ia treinando pelo caminho, saltos, golpes contra arvores e inimigos imaginarios - HA! YA... HOOAAAA!!! - até que ele vê o Dojo - Hum? É o antigo Dojo do Oijichan! Hummmm sera que a Hibaba Mito está ai? - ele ia seguindo agora tranquilamente, se alongando novamente - Hehe... HEI HIBA... - nesse momento o vulto que ele havia visto se revela como não sendo o de sua Grande Avó, mas sim outra presença, uma que faz algo inimaginavel... Explosão e ventos fortes arremessam o garoto que voa girando e batendo contra as arvores - HIBABA MITOOOOO!!! - ele gritava pensando até que bate contra uma ultima árvore e seu corpo doi - URG... Hibaba... - nesse momento o rugido da besta libera uma segunda onda de vento acompanhada de um cosmo violento e maligno - AARRRRGGGGG!!! O QUE È ISSO?! - ao abrir os olhos ele então pode ver - Ky... Kyuubi? - ele então tenta se por de pé e rapidamente sair dali - O que foi isso? Será que a Hibaba... Mas naquela hora... - ele lembrava da presença e da fisionomia - Não era ela... E se bem sei... Aquela foi uma técnica de invocação... - ... ele rapidamente se põe a correr na direção de sua casa, saltando pelos galhos - Oijisan Tobirama... Preciso encontra-lo... AGORA! - ele parte correndo com a forma ninja, afinal ele nunca havia sentido nada como aquilo...
Mestre diz:
Uchiha Madara moveu seus olhos, observando o jovem correr. - Tsc, outro Senju. Vocês são realmente irritantes, Mito. - Ele caminhou, passando sobre o corpo da mulher pisando sobre a mesma. - Quanto tempo está preso nesta inútil, Kyuubi? Vamos, libere seu poder como nos tempos ancestrais... - A criatura ergueu sua cabeça em direção aos céus, e uma grande quantidade de chakra começou a se concentrar sobre a boca da criatura. Desesperado, Kazama correu saltando e em um salto duplo pulou sobre o muro e em seguida sobre a casa dos Senjus, por instinto, seu corpo se virou observando a gigantesca criatura e pode ver uma grande bola de energia sobre a boca da criatura. Um chakra extremamente maligno era expelido e um vento traiçoeiro era arremessado por todos os lados. Os olhos da Kyuubi se abriram novamente, só que desta vez eram como Sharingans de puro sangue. Ele podia sentir a maldade. A Kyuubi ia arremessar aquela gigantesca bola de energia em direção a ele, em direção a seu clã, em direção a sua vila... o que maldição estava acontecendo?
Mestre diz:
Mudei o nome do episódio. Kyuubi tá mais legal Smile
Senju Kazama diz:
Trilha Sonora: http://www.youtube.com/watch?v=9pPddlXTIJI

... Kaz chegava ao telhado de sua casa e nesse momento... ---(O_O)---... Ele então arregalava os olhos e se virava para a sensação que estava tendo - Ah... Ah... - lentamente quando se vira ele pode ver a criatura gigantesca concentrando todo aquele chakra e então o brilho nos olhos... - Eu já vi aquilo... Não pode ser... Sharingan? - ele se lembrava... Ele então se preocupa - DROGA! SE TODO AQUELE CHAKRA FOR ARREMESSADO A VILA VAI DESAPARECER!!! - ele estava paralisado frente a ameaça e sem saber o que fazer - O que fazer... O que fazer... - ele ficava esperando a técnica ser disparada... Seu corpo não reagiria sem antes saber o que iria acontecer... - Oijichan Hashirama... Ah... Ah... Não posso fazer nada... - ele se agacha e pensa - DROGA! - ofegante encarando o chão alguns instantes... Até que ele pensa... - Invocação? É ISSO! Preciso desfazer essa invocação... Mas como? - ... ele lembrava da presença invocando-a... - Se aquela presença invocou... A Hibaba Mito devia estar lá... DROGA QUE IDIOTICE!!! - ... ele espera o desfecho da técnica, mas seu plano agora era encarar o invocador e encontrar sua avó Mito, que conhecia os jutsus de selamento...
Mestre diz:
Madara cruzou seus braços, convicto que já havia vencido. - Veja Mito, Konoha será...! - Madara se virou, e viu uma grande quantidade de chakra escapando da mulher a beira da morte, eles se transformaram em correntes e foram arremessadas sobre a criatura e o próprio ninja renegado. Ele se desvirou, saltando para longe e ficando no topo de uma arvore. - A linhagem do Clã Uzumaki... devo admitir, você não somente sobreviveu a extração da Kyuubi, como tambem está sendo capaz de selar ela novamente. - Ele observou a criatura se virando com a bola em direção aos céus. As correntes se enroscaram e a criatura desviou a direção, arremessando a bola de energia contra Uchiha Madara. Habilidoso, ele saltou novamente desviando da técnica que passou ao lado da casa dos Senjus, destruindo algumas construções e desaparecendo no horizonte. Apenas por passar perto, o vento fez com que o telhado da mansão fosse arremessado e pode ver inúmeras arvores, casas e pessoas sendo arremessadas. Kazama novamente foi arremessado caindo no solo do quintal e viu sua mansão indo ao chão. Se virou, observando a vila e viu a grande explosão no horizonte. Se tivesse acertado Konoha, ela não existiria mais. Uchiha Madara desviou seus olhos em direção a Mito, que pareceu perder a consciência. - É incrível que tenha sido capaz de realizar tanto em condições tão extremas... bom, está na hora de começar. - Kazama permaneceu caido, tendo sua consciência quase perdida. Ficou alguns segundos agachado tentando se recuperar e ao levantar os olhos viu a destruição causada pelo ataque da besta. Vários Senjus corriam, tentando salvar seus iguais e seu coração se encheu de raiva. Antes que pudesse realizar qualquer ação, viu o homem caindo ao centro do quintal. Não era ninguem menos que Uchiha Madara e atrás dele, a grande Kyuubi. A criatura moveu sua mão, caindo sobre alguns sobreviventes enquanto outros tentavam correr. A criatura cuspiu uma bala de energia que chocou-se destruindo uma grande área. - Hunf, esse é o poder do Clã Senju? Vocês são patéticos...
Senju Kazama diz:
... Kaz estava atordoado, afinal havia escapado por pouco da morte, mas voará pelos céus comos os destroços do que fora um dia o telhado da casa dos Senjus... - Arg... O que foi isso? ... Eu senti que algo desviando o ataque... - mas assim que vê a desgraça em solo de fogo, ele se ergue furioso e encara a presença que se aproximava de seu quintal... - Arg... Uchiha... Madara? Seu... - ele cerrava o punho e dizia - SEU TRAIDOR! - ele parava fazendo o sinal de basta - O QUE SIGNIFICA ISSO? ONDE ESTÁ HIBABA MITO? - ele rangia os dentes... - VOCÊ... VOCÊ ESTA TRAINDO MEU AVÔ? SEU AMIGO? - ele então ficava furioso e nesse momento ele retirava duas shurikens da bolsa - KOE MALDITO!!! - ele da dois saltos para tras, um curto e um mais longe e então atira suas shurikens. Rapidamente ele faz os selos - SHURIKEN KAGE BUSHIN NO JUTSU!!! - enviando uma série de shurikens na direção do inimigo. Sua ideia era movimentar-se para tras de algum destroço e sair da visão de Madara, ocultando-se e nesse momento, preparar seu "Doton: Moguragakure no Jutsu - Estilo Terra: Topeira Escavadeira" ...
Mestre diz:
Uchiha Madara observou as Shurikens e se enclinou um pouco sendo capaz de desviar das shurikens sem sequer saltar. - Você é corajoso, descendente de Hashirama. Mais é tão burro quanto seu ancestral. - O jovem preparou sua técnica mais antes de ser capaz de executar a garra da Kyuubi chocou-se no solo próximo ao garoto que foi arremessado. Seu corpo se chocou nos destroços e sentiu seu braço esquerdo se partindo. Madara se virou sem sequer olhar. - Tentar atacar desta forma um usuário de Sharingan? Tsc. - A Kyuubi se virou para o jovem descendo sua garra em direção a Kazama. Tudo ficou escuro, e por pouco havia desistido, até abrir seus olhos e estar sobre o muro. Ao seu lado, a armadura azul de Tobirama era reluzente sobre a lua. Por volta, inúmeros membros da ANBU estavam espalhados observando a criatura e e mais shinobis chegavam da vila. Madara observou Tobirama e se pronunciou. - Ora, o irmão caçula de Hashirama pretende me enfrentar? É inteligênte tentar me impedir de chegar a Konoha. Mais isso não faz diferença, Tobirama-chan. Quantas vezes você irá apanhar para mim, para aprender sua lição? - Tobirama, se ergueu seus cabelos eram arremessados pela cor branca. - Kazama, estou orgulhoso de você. Você lutou bravamente. - Pela primeira vez, Tobirama reconhecia a habilidade do jovem Chunnin. - Você pode descansar agora, um time de reconhecimento já recuperou Mito, ela está ferido mais irá sobreviver... deixe que eu cuido disto agora. Eu estava certo no fim das contas, seu ódio o deixou cego, Madara. - Tobirama se ergueu observando Madara que permanecia parado frente a um exercito de ninjas apenas de braço cruzado. - O que pretende fazer, Tobirama? Não pode me vencer... mesmo com todos os ninjas de Konoha juntos. Hashirama é o único que pode me enfrentar. - Tobirama estava com sua Ninja-To em mãos e permanecia olhando para o lendário shinobi. - É verdade, Uchiha Madara, que seu poder é superior ao meu. Mais você mergulhou em ódio e não consegue comprender o que criou com meu irmão. - Ele fez uma pausa, e continuou. - Nós não estamos lutando apenas por poder ou ódio. Lutamos por nossas famílias, por nossos iguais. A vontade do fogo não irá se apagar tão facilmente! - Tobirama estava sério, sua mão esquerda formava um pequeno selo, e Kazama conhecia bem, a técnica de teleporte. Madara fechou seus olhos, e ao abrir seus olhos - Então, você acha que pode me vencer com a vontade do fogo? Primeiro, vou destruir seu Clã. Segundo, sua vila. E farei isso tudo sem usar meus Sharingans. Eu apagarei a vontade do fogo com o meu poder!
Mestre diz:
Uma grande muralha de pedra formava as laterais do forte. Finalmente haviam chegado no local da reunião. Hiro, o sensei do time permaneceu na frente, se pronunciando e dois samurais em armaduras brancas deram passagem. Hana ficou admirada observando todo o local e junto com o grupo, Kouga adentrou no local da reunião. Eles foram reunidos em um grande salão aonde as outras partes da equipe estavam. As baixas haviam sido pequenas, pois grande parte do batalhão encontravam-se no local. Hiro deixou o grupo indo falar com seu superior e logo retornou com a notícia de que tudo havia dado certo e o Hokage havia chegado. Pelo local da estrutura não dava para saber aonde seria a reunião. Eram inteligêntes, mais Kouga rapidamente percebeu que os batalhões das outras vilas foram separadas, de forma a não causar confusão. Logo, a reunião iria começar. Como de costumo, o Jounin encarregado pela ANBU começou a ordenar que parte dos shinobis se espalha-sem para vigiar o local. Hiro permaneceu perto de Hana e Kouga, aguardando as ordens. - Aproveitem para descansar, logos voltaremos a atividade... A reunião deve durar algumas horas e provavelmente partiremos em seguida. Como fomos uns dois ultimos a chegar, iremos pegar a ultima ronda de vigialia...
Uchiha Kouga diz:
- - Após tanto caminhar finalmente chegaram ao local de destino, Kouga e Hana poderiam finalmente descansar e repor as energias junto aos demais shinobis da folha. Ao que parece os ninjas das demais aldeias estavam em outros locais para que não houvesse nenhum tipo de atrito; algo que poderia levar os planos de Hashirama ao fracasso. O jovem Uchiha ouvira as palavras de Hiro e ascenou com a cabeça positivamente, demonstrando concordancia. - - Certo. Caso aconteça algo por favor nos avise. - Kouga virou-se e caminhou em uma direção qualquer a fim de observar o estado dos demais shinobis da filha; seu objetivo era concluir quais eram as condições em que se encontravam a maioria, uma vez que precisariam de poder de luta para combater qualquer eventualidade que viesse a ocorrer. O jovem sentia suas pernas pesadas após percorrer aquele longo caminho em tão pouco tempo, só agora que seu sangue começava a esfriar que as dores vinham a tona. Resolvera comer algo e beber um pouco dagua enquanto analisava o restante do local. Imaginava se seria possível ter acesso aos outros setores; provavelmente não.
Mestre diz:
Kouga sentou-se em uma das cadeiras proximos a uma mesa. Apesar de parecer antiga, tinha um forro e era de certo modo confortável. A maioria dos shinobis de Konoha estavam bem e muitos partiam para sua rota. Alguns minutos depois Hiro se aproximou de Hana e posteriormente os dois foram até Kouga. - Nossa hora chegou. Devemos realizar a ronda na ala leste. Temos permissão, conforme o acordo Neutro. Mais devemos evitar confrontos nas redondezas com ninjas de outras vilas. - Hiro caminhou em direção a uma porta, aguardando a presença dos outros dois. Hana obserevou atentamente as instruções e veio a falar com Kouga. - Ouvi que um Samurai pode matar vários ninjas sozinho. Será que é verdade? - A jovem permaneceu curiosa, caminhando ao lado de seu antigo companheiro...
avatar
Blackheart
Kage
Kage

Mensagens : 220
Data de inscrição : 17/10/2011
Idade : 27
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://narutod20.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum