Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» [Névoa] Gaiden 1 - Batalha pela Fronteira da Chuva
por Kaguya Onimaru Sex Set 02, 2016 9:45 pm

» 04 - A Batalha dos Condenados
por Uchiha Kouga Seg Jun 27, 2016 1:51 am

» 03 - A Arma Secreta da Névoa
por Kaguya Onimaru Sex Jun 24, 2016 7:52 pm

» 23 - Adeus, Kuroki Menma.
por Uchiha Kouga Sex Jun 24, 2016 12:46 am

» 02 - A Tempestade do Século
por Blackheart Qui Jun 23, 2016 10:18 pm

Parceiros
Fórum grátis

Naruto Anime RPG [NARPG]

01 - A Névoa Vermelha

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

01 - A Névoa Vermelha

Mensagem  Blackheart em Sab Abr 09, 2016 7:01 pm



Última edição por Blackheart em Ter Jun 21, 2016 10:48 pm, editado 3 vez(es)
avatar
Blackheart
Kage
Kage

Mensagens : 220
Data de inscrição : 17/10/2011
Idade : 27
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://narutod20.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 01 - A Névoa Vermelha

Mensagem  Blackheart em Sab Abr 09, 2016 7:05 pm

Por muitos anos a guerra se estendeu, consumindo os recursos dos cinco grandes países. Desesperadamente as Vilas Ocultas começaram a buscar maneiras de superar a guerra; cada um a sua forma. Algumas buscaram poder utilizando técnicas proibidas, outras buscaram poder tentando controlar o poder dos bijuus e alguns, forjaram alianças profanas em busca de esmagar seus inimigos.

Havia algumas semanas que o Mizukage havia voltado do norte do país da água, rumores apontavam que ele havia indo de encontro ao Raikage que marchava em direção a Folha para esmagar seus exércitos e recuperar sua preciosa irmã, Tatsuki. Algo que a Névoa poderia se aproveitar e juntos, a Névoa e a Nuvem poderiam eliminar um inimigo em comum.



No centro da Névoa um grupo de ninjas poderosos foi selecionado para o dialogo que poderia mudar o rumo da guerra ninja para sempre. O vencedor seria a potência mundial do mundo ninja. O Mizukage Hozuki Matsuyama estava sentado em sua mesa, seu sorriso debochado nunca deixava sua face e isso tornava tudo mais incomodo se tratando do homem que recebeu o título de Água Vermelha. Além do poderoso Mizukage, se encontrava os Irmãos Demônios Keikain Sato e Ichiru, Kaguya Onimaru líder de um dos mais poderosos (e incontroláveis) Clãs da Névoa, o eximido caçador de recompensas Nakamaru Tetsu e o habilidoso Hozuki Mangetsu líder do famoso grupo de espadachins da névoa: os 7 espadachins da névoa.

O salão em que se encontravam era redondo, feito em pedra e se não fosse pela posição do Mizukage sentado em frente a mesa, ele era praticamente vazio se não fosse por poucas estantes. Os ninjas estavam em pé, posicionados quase como um círculo por volta da mesa do Mizukage. Como tudo da névoa, a sala tinha um cheiro característico do oceano: água salgada.



Keikain Sato escreveu:Então é verdade... os rumores sobre a Nuvem.

Hozuki Mangetsu escreveu:Está com medo moleque?

Keikain Ichiru escreveu:Se continuar enchendo, te mostrarei o que é o medo.

Hozuki Mangetsu escreveu:Porque não tenta então?

Mangetsu moveu suas mãos para suas costas, próximo a um pergaminho enquanto os irmãos Keikain tocaram o cabo de suas lâminas, respectivamente. Matsuyama socou a mesa, mais sem deixar seu sorriso de lado.

Hozuki Matsuyama, o Mizukage escreveu:Não perca o foco, irmão. Nosso inimigo hoje é a Folha. Continuem suas diferenças amanhã, hoje temos um problema para resolver.

Mangetsu concordou com sua cabeça, cruzando seus braços. Igualmente, os irmãos retiraram suas mãos de suas lâminas. Matsuyama então apoiou ambos os braços sobre a mesa olhando atentamente o grupo de ninjas que se reunia a sua frente. Eles eram a elite da névoa e deviam se comportar como tal, mais na névoa o desejo de matar era algo comum, fazia parte da cultura deles.

Hozuki Matsuyama, o Mizukage escreveu:O Raikage nos ofereceu a chance de participar do ataque a Folha como aliados. Em troca de nossa ajuda ele concordou em deixar o território e espólios da Folha sobre nosso cuidado, ele deseja apenas o norte da Folha; uma vez que é um ponto estratégico para defender a Nuvem. Ele terá acesso direto a Vila Oculta da Nuvem, o que lhe é de grande agrado. Em troca, apoiaremos o ataque e precisamos (se necessário) proteger Tatsuki e resgata-la, assim como o Nibi.

Keikain Sato escreveu:Então a Folha realmente roubou a Nibi.

Hozuki Matsuyama, o Mizukage escreveu:Não foi a Folha, foi um Nukenin do Clã Uchiha: Kouga. Não haveria problema algum, mais parece que o Hokage Tobirama pretendia dar o perdão a ele e isso enfureceu o Raikage profundamente.

Ichiru observou Sato e sua cara de inconformado.

Keikain Ichiru escreveu:O que foi, Sato?

Keikain Ichiru escreveu:Como o Raikage descobriu a intenção do Hokage em perdoar o Uchiha?



Hozuki Matsuyama, o Mizukage escreveu:Isso importa? O que importa é que "eu aceitei o acordo". Iremos para Konoha.
avatar
Blackheart
Kage
Kage

Mensagens : 220
Data de inscrição : 17/10/2011
Idade : 27
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://narutod20.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 01 - A Névoa Vermelha

Mensagem  Nakamura Tetsu em Sab Abr 09, 2016 7:40 pm

Antes que pudesse iniciar sua nova caçada, o convite da reunião com o Mizukage e alguns companheiros o pegou de surpresa, tendo assim que adiar seus planos pessoais. Soubera por outras línguas do conflito que a Kumo com Konoha enquanto estava realizando seu trabalho de campo, e para a sua felicidade, a mesma Kumo solicitou ajuda à Kiri nessa batalha, formando uma espécie de Aliança, altamente duvidosa.

Encontrava-se na sala de Reuniões, apenas observando àqueles que se faziam presentes no recinto. Seus trajes azul-marinho cobriam seu corpo totalmente, deixando apenas de fora seus pés e cabeça. Sua bandana ficava amarrada a parte superior do braço direito, o mesmo braço que apunhava com extrema destreza sua Katana. Uma pequena discussão entre o Espadachim da Névoa e o irmão do Mizukage ganhava temperos variados, fazendo o Nakamura soltar um suspiro de insatisfação, porém ela havia sido interrompida pela autoridade máxima daquela ocasião. Sabia que os Ninjas da Névoa não eram conhecidos por ter um bom temperamento, e isso se tornava evidente diante dos seus olhos claros naquele momento. Talvez Tetsu fosse o único que media suas palavras diante do Líder da Vila, o que era o mais sensato a ser feito, aquele meio-sorriso do Mizukage não engava ninguém.

Ouviu atentamente as palavras do Kage, especialmente quando ele enfatizou a sentença "eu aceitei o acordo".

Nakamura Tetsu escreveu:Pelo seu tom de voz, acredito que tenha algo em mente quando diz que aceitou o acordo, Mizukage-sama. Você tem alguma carta em sua manga?

Indagou o Caçador, mostrando-se interessado naquele novo pacto firmado. Afinal, novos Artefatos deviam ser coletados para sua nova coleção, e não havia chance melhor para isso do que uma batalha entre as potências do Mundo Ninja.
avatar
Nakamura Tetsu
Genin
Genin

Mensagens : 8
Data de inscrição : 02/04/2016
Idade : 21
Localização : Alagoas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 01 - A Névoa Vermelha

Mensagem  Kaguya Onimaru em Sab Abr 09, 2016 9:13 pm

Para muitos ser convidado para aquela reunião seria um motivo de orgulho, a prova máxima do reconhecimento da própria capacidade e potencial, algo que no mundo ninja era o que havia de mais importante. Onimaru como membro do Clã Kaguya cresceu com base na lei absoluta da sobrevivência do mais apto, uma lei absoluta dentre seus semelhantes mas que igualmente era absoluta naquele mundo, com a única diferença que a grande maioria vedava olhos e ouvidos para uma realidade óbvia, aqueles que não aceitavam que o mais forte sobrevive e o fraco perece atestavam sua fraqueza e aceitavam viver como presas. Talvez essa filosofia que permitira que o seu clã se aliasse a Névoa Sangrenta já a tantas gerações, o único pais que aceitava sua força e como ela era direcionada aqueles que deveriam ser conquistados.

Para ele sua presença ali não era motivo de orgulho ou honra, era sim apenas uma verdade irrefutável que ninguém ousaria questionar, seu poder e seus feitos falavam por si só não para que fosse admirado, mas para que fosse eficiente e capaz de sobreviver e se manter soberano. Porem estar naquela sala tinha sim o seu prazer, estava rodeado de adversários formidáveis, presas que poderiam valer a pena caçar para o mero deleite de testar sua própria supremacia, mas por hora o bom senso fazia com que ele apenas colaborasse. Onimaru mais que qualquer um desejava o fim da guerra, para muitos o final do conflito "castraria" todos os ali presentes, ele contava com a frustração do fim do conflito para que eles pudessem se entregar a morte pela espada sem fazer falta para a organização que serviam ... Onimaru estaria presente nesse momento e faria a caridade de dar a cada um deles, no momento certo, seu devido descanso.

Em silêncio e atenção ouvia toda a informação passada, se encontrava de pé a sombra de uma das paredes, cauteloso para controlar sua sede de sangue, algo fácil, quando estava preso a uma jaula com varias feras com o mesmo desejo, sua presença ali passava despercebida, sua origem mais "tribal" não tinha luxos, suas roupas eram funcionais e não decorativas, e sua postura só era necessária quando direcionava suas armas para suas vitimas, ali ele era apenas mais um ouvinte com pouca opinião e muita curiosidade, mas por mais que desejasse permanecer calado viu como algo impossível frente a resolução do Mizukage:

Kaguya Onimaru escreveu:Concordo com o "caçador de esmolas", e faço da sua a minha pergunta ... O Raikage lhe fez uma oferta, de fato tentadora, mas realmente não acredito que o senhor não tenha adicionado algumas condições próprias a oferta. Eu não sou nenhum político, sou apenas um assassino, todos sabemos, mas a forma como tudo foi apresentado não parece nada com a postura da Névoa Sangrenta

Onimaru caminhou das sombras revelando sua aparência jovial e semblante ingênuo para alguém de pensamentos tão desordeiros, qualquer um que o julgasse pela aparência não estaria agindo de má vontade, mas mesmo assim estaria cometendo um grave erro considerando a trajetória do rapaz.

Kaguya Onimaru escreveu:Eu honestamente não vejo nenhum problema com a ordem dada, mas se fosse uma decisão minha eu diria para "atrasarmos" um pouco a nossa ajuda para com a Nuvem, e chegar quando ambas as forças já se encontrassem enfraquecidas, para massacras dois coelhos com um único golpe de espada ... Afinal não é sempre que teremos a oportunidade de ter uma lenda viva como o Raikage em uma situação delicada ... Mas ei, isso é apenas a opinião de um moleque que não sabe o que diz.

Sorriu dando de ombros como se suas palavras realmente não tivessem valor, mas que nelas estava o real modo de agir da sua vila, e da mesma forma que tinha essa opinião, sabia que seus inimigos a compartilhavam, algo que muito provavelmente Matsuyama já havia antecipado.
avatar
Kaguya Onimaru
Genin
Genin

Mensagens : 23
Data de inscrição : 09/04/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 01 - A Névoa Vermelha

Mensagem  Blackheart em Seg Abr 11, 2016 3:41 am

Matsuyama ouviu atentamente a palavra de Sato, Tetsu e Onimaru. Era impressionante como ninjas da névoa estavam habituados a esperar o pior, a Folha tinha a Vontade de Fogo; mais a Névoa tinha algo muito mais poderoso: a Vontade de sobreviver acima de tudo. Mangetsu descruzou seus braços calmamente, apesar de debochar dos ninjas no recinto ele era famoso por ser um ninja calmo. Ele mais do que ninguém sabia do que seu irmão era capaz, e agora o assunto entraria na melhor parte: a verdadeira recompensa.

Hozuki Matsuyama, o Mizukage escreveu:Não podia esperar menos do prodígio do Clã Kaguya. Você está certo, Onimaru... existe prêmios muito mais interessantes que o território da Folha. Mas não posso cumprir meus objetivos atrasando o ataque. Raizen é um homem esperto e cumpriremos nossa parte do acordo. Bom, parte dele. Eu vou matar o Raikage.

Todos na sala permaneceram em silêncio. Mesmo com o grande poder do Mizukage, o ninja mais poderoso da névoa o Raikage era o último sobrevivente da primeira geração de kages. Seu poder transbordava, afinal as lendas contavam como ele sozinho foi capaz de derrotar e capturar o Bijuu de Oito Caudas. Talvez Matsuyama buscasse a redenção da Vila Oculta da Névoa, pois durante a guerra que se estendeu o Shodaime Mizukage foi morto em combate contra o Raikage. Não, Matsuyama era um Kage novo e recente, mais não era sentimental. Apesar de seu sorriso estampado sempre, ele não tinha sentimentos.

Kiryuu Sato escreveu:Mesmo que Raizen esteja enfraquecido... ele ainda será um inimigo estrondoso e a Vila Oculta da Nuvem o defenderá com sua vida. Qual é seu plano?

Matsuyama cruzou seus braços, olhando para o teto da sala. Ele sabia que apesar de temido na Vila Oculta da Névoa, mesmo sua fama não superava a do poderoso Raikage. E isso o incomodava profundamente.

Hozuki Matsuyama, o Mizukage escreveu:Nossas tropas ajudaram a Nuvem, como nos foi solicitado. Raizen perdeu o poder das Duas Caudas enquanto a Folha ainda possui o poder das Nove Caudas. Ele não pode arriscar perder esta batalha ou a guerra estará perdida, ele será obrigado a levar o Jinchuuriki dos Oito Caudas para uma região próxima. Quando a guerra acabar e a vitória for nossa teremos dois objetivos: assassinar o Raikage e capturar o Demônio de Oito Caudas. Com o poder das Três Caudas e após um combate como esse, nem mesmo o Raikage será capaz de me derrotar.

Keikain Sato escreveu:Entendo... a Nuvem já perdeu o Duas Caudas. Com a posse do Oito Caudas a Nevoa terá três demônios: Três Caudas, Seis Caudas e Oito Caudas. Não existirá nação com poder para desafiar a Névoa e com sorte ainda seremos capazes de obter a Nove Caudas da Folha. E então, poderemos acabar com esta guerra e dar uma nova era ao mundo sobre o comando da Névoa.



Hozuki Matsuyama, o Mizukage escreveu:Não seja inocente, Sato. Quando a Folha e a Nuvem afundarem ainda faltará a Areia e a Pedra. E acredite em mim: eu levarei a morte até eles.

Mangetsu permanecia em silêncio mais parecia satisfeito com a posição de seu Kage. Os Espadachins da Névoa eram famosos por serem combatentes formidáveis e qual a melhor forma de praticar do que uma guerra como a que viria? E no final nada mais agradável que o prêmio máximo: a supremacia no mundo ninja.
avatar
Blackheart
Kage
Kage

Mensagens : 220
Data de inscrição : 17/10/2011
Idade : 27
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://narutod20.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 01 - A Névoa Vermelha

Mensagem  Kaguya Onimaru em Seg Abr 11, 2016 4:19 pm

O plano a principio parecia ser simples, mas muito mais do que isso, era extremamente ambicioso. Matsuyama se tornara Mizukage a muito pouco tempo, de fato sua força tinha valor, mas ela sozinha não compensava sua inexperiência. Seu lider estava contando com o poder bruto de sua Vila, considerando os Espadachins da Névoa e as Bijuus que estavam em seu poder, prontos para serem levados a guerra, no entanto, o que parecia errado era o fato de estar superestimando o poder da Névoa como um todo. Considerando a capacidade de combate direto inquestionavelmente a Kiiri era superior a qualquer outra vila oculta, mas se tratando da Guerra como ela era Onimaru sabia que em muitos aspectos o poder militar de sua nação era inferior quando fosse necessário considerar capacidade estratégica e organização de suas falanges.

Ele não tinha certeza, mas será que o Mizukage estava considerando a possibilidade de algum viés ?! Uma única mudança sequer no cenário proposto poderia significar a derrota absoluta da Névoa de um modo tão desastroso que ela jamais seria capaz de se reerguer. Mas considerando a personalidade de Matsuyama questionar suas ordens seriam uma perda de tempo de alto risco, então tudo que poderia fazer era naquele momento acatar as ordens e quando finalmente estivesse em combate ele tomaria para si a autonomia de suas ações e de seus comandados.

Kaguya Onimaru escreveu:Nosso objetivo então está traçado, e pouco provável que Matsuyama-dono volte atrás ... Sendo assim só nós resta saber quais são as ordens que individualmente teremos que seguir.

Todos os detalhes podem não ter sido expostos naquela reunião, se não foram era mais um erro dentro os muitos que estavam sendo cometidos dentro daquela, decisão que para ele era questionável. Onimaru aprendera a não subestimar seus inimigos, a Folha deveria ser reconhecida como o adversário formidável que era, o Nidaime Hokage era um estrategista nato e um homem paranoico, no pior das hipóteses ele já estaria esperando a retaliação da Nuvem assim como a possibilidade de seus inimigos se aliarem ao Raikage para se aproveitar do momento. Kaguya estava certo que naquele confronto os shinobis de Konoha não seriam seus únicos oponentes, Tobirama iria se preparar fazendo as alianças necessárias para não perder tudo em uma única batalha.

Onimaru sabia que pouco poderia fazer para tentar convencer Matsuyama a reconsiderar sua iniciativa, e na verdade, não tinha nenhuma intenção e alerta-lo. O Kaguya gostava de ver a balança de poder se alternar, sentia prazer de ver o circo pegar fogo e estar lá para acompanhar o espetáculo, ele não temia ser pego pelo fogo cruzado ou que suas escolhas tivessem consequências severas, para ele sua força era suficiente para sair de pé de qualquer confronto e qualquer acontecimento no campo de batalha, mesmo que isso significasse voltar suas presas para homens como Matsuyama, Tobirama ou o próprio Raizen.
avatar
Kaguya Onimaru
Genin
Genin

Mensagens : 23
Data de inscrição : 09/04/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 01 - A Névoa Vermelha

Mensagem  Nakamura Tetsu em Ter Abr 12, 2016 6:57 pm

Ouviu atentamente a todos os comentários proferidos por seus companheiros naquela reunião, em especial o do Kaguya, que zombava de sua profissão.

Nakamura Tetsu escreveu:Seu sangue seria uma boa esmola, Onimaru-san. Eu teria um imenso prazer de adiciona-lo à minha Coleção.


Respondeu, com um sorriso simpático no rosto, mas com uma vontade insana de desembainhar sua lâmina e corta-lo em múltiplos pedaços, pois Não tinha a intenção em causar atritos na presença do Mizukage, todos estavam ali para servir Kiri e nada mais do que isso, pelo menos oficialmente.

Testu arrumou a máscara de seu rosto, assim como a bainha que guardava sua arma, ajustando-as novamente. As palavras proferidas por Matsuyama eram ambiciosas, a sua busca por poder tinha um alto preço, e mesmo estando ciente de todas as possíveis dificuldades que poderia encontrar no campo de batalha (ou próximo dele), Tetsu não estava amedrontado, pelo contrário, sentia-se excitado com o fato de encontrar possíveis "tesouros" em uma vila tão rica em poder como é Konoha.

Uma vez que seu objetivo estava traçado e determinado, restava apenas para os Shinobis do recinto receber seus objetivos individuais e quais metas deviam ser alcançadas. Uma missão de reconhecimento do território inimigo poderia ser bastante útil para saber como e quando as patrulhas eram feitas pelo País do Fogo. Fazer um levantamento de dados de possíveis locais que serviriam como refúgios e armazéns de provisões e itens úteis em uma batalha, sabendo que o inimigo era poderoso e poderia ter uma - ou mais - cartas na manga, até mesmo ter um espião entre os ninjas de Kiri. A cautela era necessária em momentos críticos, porém sabia que não podia esperar tal fato de seu Líder, sendo possível sentir sua vanglória a cada palavra que saía de sua boca, até mesmo colocando-se acima da própria Kirigakure.
avatar
Nakamura Tetsu
Genin
Genin

Mensagens : 8
Data de inscrição : 02/04/2016
Idade : 21
Localização : Alagoas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 01 - A Névoa Vermelha

Mensagem  Kaguya Onimaru em Qua Abr 13, 2016 12:48 am

Onimaru piscou varias vezes meio a um sorriso quase que infantil, enquanto encarava o Caçador de Recompensar rebater sua inocente brincadeira minutos atrás, e com uma gota na cabeça questionou logo a seguir:

Kaguya Onimaru escreveu:Sangue ?! Eu pensei que você fosse do tipo que prefere degustar um bom "pires de leite" !!

O Kaguya pareceu imitar um gato lambendo a própria pata a esfregando no rosto, ao mesmo tempo que dava algumas risadas, imediatamente percebendo o retorno da aura assassina de seu "companheiro".

Kaguya Onimaru escreveu:Calma ai parceiro, é só uma brincadeirinha amistosa entre "companheiros" de uma vila não tão amistosa ... Cadê seu espírito esportivo ? Que tal uma erva-dos-gatos pra relaxar e aliviar toda essa tensão ?

"Cara, o povo da Névoa tinha que melhorar esse senso de humor !!"
avatar
Kaguya Onimaru
Genin
Genin

Mensagens : 23
Data de inscrição : 09/04/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 01 - A Névoa Vermelha

Mensagem  Blackheart em Qua Abr 13, 2016 1:11 am

Matsuyama ouviu as provocações entre Onimaru e Tetsu, algo similar ao que aconteceu entre o Mangetsu e Sato: no fim das contas era algo natural na Vila Oculta da Névoa e fazia parte de sua cultura. O Mizukage moveu sua mão direita enquanto a conversa acontecia e abriu um pergaminho sobre a mesa que continha o mapa do país do fogo. Ele olhou atentamente o mapa e apontou para um local marcado que representava a Folha.

Hozuki Matsuyama escreveu:Não podemos permitir que haja desconfiança, por isso vou ordenar que Mangetsu e seus espadachins sejam a vanguarda da nossas tropas junto com as tropas da Nuvem. Apesar disso, evitem danos severos e quando a ordem for dada, matem seus companheiros da Nuvem sem piedade. Onimaru e Tetsu, vocês serão membros das forças de suporte a vanguarda, acompanhem as tropas mas estejam preparados para uma rápida retirada, quando receber as ordens vocês devem deixar o campo de batalha e ir até o Oito Caudas para capturar ele. Keikain Sato e Ichiru estarão comigo e a companhia do Raikage. Sato pode usar seu jutsu para comunicar entre as tropas e será esta a forma que iremos nos organizar, não façam nada sem as instruções de Sato...

Matsuyama mantinha seu sorriso e apesar do perigo da missão parecia estar calmo. Não, mais do que isso: ele estava excitado com a possibilidade de enfrentar uma lenda como o Shodaime Raikage.

Hozuki Matsuyama escreveu:Eu sei que é pedir muito que tenham paciência e contenham seu instinto assassino, mas precisamos esperar o momento certo para realizar um ataque. Vocês são a elite da Névoa e tenho convicção que sabem o quão desastrosas essa missão pode ser. Mas nos temos um dever com nossa Vila Oculta, mais do que isso com a cultura de nossa nação! O Fogo tem sua patética Vontade, mas nós somos os demônios da névoa! Nós sobrevivemos a todas as provações. Como seu Mizukage eu lhes prometo, meus companheiros: o mundo ninja jamais se esquecerá deste dia.

O Mizukage parecia convicto de sua posição. Ele iria até a morte, apesar de jovem e imprudente: ele herdou o espírito da névoa. E ele estava disposto a escrever sua história em sangue.
avatar
Blackheart
Kage
Kage

Mensagens : 220
Data de inscrição : 17/10/2011
Idade : 27
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://narutod20.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 01 - A Névoa Vermelha

Mensagem  Nakamura Tetsu em Qua Abr 13, 2016 8:23 pm

Ouvia atentamente as palavras do Kaguya, porém a vontade de mata-lo estampada em seu rosto era camuflada por sua máscara. Voltou sua atenção para a reunião quando o Mizukage abriu aquele gigantesco mapa e mostrou-lhes o passo-a-passo que devia ser seguido minuciosamente por todos para que o plano ocorresse dentre os conformes estabelecidos anteriormente. Após captar as instruções dadas pelo Líder da Aldeia, balançou positivamente com a cabeça. Estava tranquilo naquele instante, porém tinha ciência de todos os riscos que encontraria na trajetória até a captura do Hachibi. Sato parecia ser uma chave primordial para o plano, nunca tivera visto antes o homem em atividade num combate, teria que manter sua atenção sobre ele.

Nakamura Tetsu escreveu:Ok. Irei estraçalhar todos que fiquem em meu caminho, Kirigakure irá se sobressair nessa batalha. Com certeza e meu companheiro iremos concluir nosso objetivo.
Disse cheio de confiança. Seu inimigo era poderoso, não podia subestima-lo, mas até o momento nenhuma Caçada tivera sido falha. Apesar de não conhecer Onimaru e suas habilidades, sabia que suas ambições envolviam o sucesso daquela missão, restava apenas esperar para que o jogo começasse, e certamente a Névoa iria sair vitoriosa.
avatar
Nakamura Tetsu
Genin
Genin

Mensagens : 8
Data de inscrição : 02/04/2016
Idade : 21
Localização : Alagoas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 01 - A Névoa Vermelha

Mensagem  Kaguya Onimaru em Qua Abr 13, 2016 8:49 pm

Onimaru encarou o mapa e acompanhou o raciocínio de Matsuyama, e após alguns minutos revelou seu semblante de confusão, que logo foi exposto aos presentes, mas principalmente ao Mizukage.

Kaguya Onimaru escreveu:Matsuyama-dono, me perdoe, eu sou um pouco lento para entender as coisas, mas até onde eu pude interpretar a ideia é capturar o Jinchuuriki de oito caudas não é ?!

Encarando seu líder com um semblante de inocência que certamente incomodava muita gente numa vila como a Névoa questionou algo que para ele era importante caso quisesse que a missão fosse cumprida como ordenada.

Kaguya Onimaru escreveu:Sabe, eu não sou o tipo de shinobi ideal para esse tipo de trabalho, se eu confrontar o alvo só existem duas opções viáveis e dependentes do meu esforço ... Ou ele morre ou eu morro. E no caso da primeira opção teremos uma Bijuu furiosa liberada instaurando o caos e ninguém nas proximidades com a capacidade de controla-la, a não ser claro que nosso amigo ali saiba uma ou duas coisas como selar uma Bijuu.


Apontou para Tetsu, mas já sabendo que ele não tinha a qualificação necessária para resolver a situação proposta, sabendo também que aquela possibilidade estava longe de ser considerada remota.
avatar
Kaguya Onimaru
Genin
Genin

Mensagens : 23
Data de inscrição : 09/04/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 01 - A Névoa Vermelha

Mensagem  Nakamura Tetsu em Sab Abr 16, 2016 12:57 pm

Ouviu o comentário de Onimaru com atenção. Sorriu por trás da máscara, o rapaz tinha a língua bastante afiada.

Nakamura Tetsu escreveu:Minhas especialidades são outras, Onimaru-san. Deixo as Técnicas de Selamento para pessoas mais qualificadas do que eu nesse aspecto. Certamente o Mizukage-sama tem ciência de nossas habilidades antes de designar que devemos capturar o Jinchuuriki, e em nenhum momento fora citado por nossos companheiros nesta reunião que devíamos selar o Hachibi.

Respondeu calmamente, encarando-o.

Nakamura Tetsu escreveu:A batalha será difícil, mas posso garantir aos senhores que a missão será completada com sucesso, mesmo que obstáculos devam ser aniquilados para que a Névoa atropele seus inimigos.

Seu tom era cheio de soberba, mas Tetsu tinha plena consciência que o futuro confronto não seria fácil. A ideia inicial de suas palavras era passar confiança para aqueles que se faziam presente no recinto, não poderia demonstrar nenhum sinal mínimo de titubeação diante daqueles Shinobis.
avatar
Nakamura Tetsu
Genin
Genin

Mensagens : 8
Data de inscrição : 02/04/2016
Idade : 21
Localização : Alagoas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 01 - A Névoa Vermelha

Mensagem  Blackheart em Sex Maio 13, 2016 3:28 am

Matsuyama cruzou seus braços e olhou em direção ao teto, com um sorriso em seu rosto. Ele parecia quase como satisfeito, mentalizando criativamente cenas de um futuro próximo.

Hozuki Matsuyama escreveu:Ótimo. Tetsu você tem permissão para selecionar os ninjas que desejar da organização dos Oinins para se juntar ao seu esquadrão. Onimaru, imagino que você deseje lutar ao lado de companheiros de seu Clã Kaguya. Partiremos em uma semana para Konoha, iniciem seus preparativos.

Em poucos segundos todos deixaram a sala partindo para seus esquadrões e aliados para iniciar a criação de seus devidos planos. Algo dessa magnitude exigia o máximo dos ninjas da Névoa, para honrar seu valor e mostrar suas capacidades de combate. Matsuyama permaneceu na sala sozinho, perdido em seus pensamentos. Ele era um jovem extremamente habilidoso, mas caótico.

Opções de Ações:
Neste momento vocês tem uma semana para agir como desejar. Cada um pode escolher (criar) até 2 NPCs para compor seu devido esquadrão. Porém, é preciso ter em mente que eles são personagens secundários comuns (jounins especiais, especializados em uma área apenas). Por falta da capacidade de ambos em selar um Jinchuuriki, o ideal é capturar e extrair ele para que seja possível então, retirar e selar o Bijuu. Tenham isso em mente quando fizerem a seleção. Vocês podem fazer a ação que desejar a partir deste ponto e inclusive, criar locais na Vila Oculta da Névoa e personagens menores. Seu turno.
avatar
Blackheart
Kage
Kage

Mensagens : 220
Data de inscrição : 17/10/2011
Idade : 27
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://narutod20.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 01 - A Névoa Vermelha

Mensagem  Kaguya Onimaru em Seg Maio 16, 2016 2:29 am

A contra gosto Onimaru suspirou ao mesmo tempo que dando de ombros deixava a sala de reuniões. Apesar de ser o atual líder do clã Kaguya, aquela era uma atribuição na qual ele nunca esteve qualificado, Kaguya Onimaru dificilmente um dia poderia se considerar ou ser considerado um líder, mas ordens são ordens. Após deixar a sala permaneceu no prédio principal no intuito de recrutar o primeiro membro dos dois que iriam compor seu esquadrão, o Shinobi na Névoa então caminhou pelos corredores até uma passagem que parecia leva-lo a uma rampa iniciando uma longa descida silenciosa, mas aquele silêncio não pareceu durar muito tempo, após alguns minutos o som dos seus passos ganharam companhia que pouco a pouco se tornavam mais audíveis até se tornarem incrivelmente escandalosos, gritos desesperados ecoavam pelo corredor que apenas a partir daquele ponto podiam ser ouvidos ... Onimaru se encontrava próximo das salas de interrogatório e tortura, lá ele iria recolher a primeira candidata.

Hagebane Kuroni, era uma Jounin Especial com algo de especial, até alguém como Onimaru tinha que admitir, apesar de não possuir nenhum clã ao longo de sua vida refinou habilidades que a tornaram única, com habilidades que se encaixavam de forma quase que perfeita para uma vila como a névoa sangrenta.  Kuroni era especialista na arte da tortura e assassinato, mas o que lhe dava essas qualificações era a natureza de suas habilidades, considerando que provavelmente não existia ninguém na vila que exibisse tamanhos conhecimentos na arte do venefício. A Jounin possuía um interesse por venenos quase que patológico, uma fixação que chegou ao ponto de experimentar os venenos que sintetizava no próprio corpo, a rendendo uma fisiologia e imunidade a toxinas única, Hagebane Kuroni cuja própria existência era uma referência de letalidade. Apaixonada por tudo que é venenoso o Kunoichi também se caracteriza por uma das poucas na névoa que possue contratos de Kuchyose com múltiplas criaturas, todas tematizadas em animais peçonhentos.

Quando finalmente chegou na sala que procurava os gritos cessaram de forma abrupta, a tempo de apenas ouviu a voz de Kuroni fazendo um questionamento meio a sua voz rouca característica, quase impossível de distinguir seu gênero:

Hagebane Kurou escreveu:Senhor Kame, acredito que agora esteja compilado a falar o que quero saber ?! Acredito que mais uma sessão de terapia intensiva não seja algo que queremos não é mesmo.

[img][/img]

Onimaru coçou a cabeça enquanto testemunhava a cena de um homem de meia idade preso a uma cadeira, com a cabeça erguida enquanto uma fumaça púrpura discretamente parecia deixar sua boca, narina e ouvidos, olhando daquele ponto tinha a sensação de que a alma do pobre homem estava deixando seu corpo quando na verdade era apenas os venenos usados pela torturadora deixando seu corpo depois de um processo excruciante.

Hagebane Kurou escreveu:Porque não pensa um pouco enquanto eu recebo um antigo conhecido ... Só não demore muito, porque os sintomas secundários viram em poucos minutos e acredite quando digo que até agora fizemos um leve aquecimento.


Kuroni era do tipo falante, mas o fato de não esboçar nenhuma reação lhe apavorava, era como se toda a sua mímica facial estivesse paralisada, algo que esteticamente era horrível, mas que para um torturador e alguém que se valia da intimidação era extremamente funcional. Existia inclusive um boato na vila que o sorriso de Hagebane Kurou era capaz de causar um trauma emocional profundo a ponto de render pesadelos perturbadores.

Virando o rosto a torturadora volveu-se na direção do Kaguya e tão logo caminhou até ficar a alguns passos de distância.

Kaguya Onimaru escreveu:Já sei, já sei ... Estou atrapalhando o seu momento de distração, mas de ao homem ao menos a chance de pensar antes de colaborar, enquanto isso vamos trocar alguns ideias para que você aceite ajudar um antigo camarada.

Kuroni ficou ali parada o encarando sem nada dizer, Onimaru odiava quando ela fazia isso, era como estar diante de uma estátua de cera com um perfume que dividia opiniões, cheiro esse que era uma perda de tempo questionar uma vez que sempre vinha com a mesma resposta ... "Ajuda no meu trabalho".

Hagebane Kurou escreveu:Não tenho o dia todo Onimaru, economize seu senso de humor barato e vá direto ao ponto.

Onimaru coçou a cabeça sabendo que aquela postura já era de se esperar. Apesar deles dois se conhecerem desde os tempos de academia nunca se deram muito bem, ambos foram da mesma classe, na época uma exceção permitiu que ambos se graduassem como genins juntos, pelo simples fato de que mata-la durante o exame também acarretaria na sua própria morte, então os instrutores acharam pertinente permitir que ambos fossem aprovados na ocasião.

Kaguya Onimaru escreveu:Matsuyama irá investir contra a Folha como aliado da Nuvem, no entanto ele dividiu suas forças para realizarem missões alternativas durante a manobra. Ele pretende usar a oportunidade para atacar a Nuvem durante a batalha caso a oportunidade apareça ... Sendo assim ele me destacou para uma missão em particular e ter alguém com as suas habilidades no meu esquadrão seria muito útil ...

Apesar daquilo soar como um pedido, se tratava mais de um informe, Kuromi apesar de ser uma criatura excêntrica era uma kunoichi convicta e obediente, jamais questionando uma missão em nome da vila que servia. E como era de se esperar se volveu de forma mecânica de volta a sua vitima deixando apenas poucas palavras para trás.

Hagebane Kurou escreveu:Mande um mensageiro quando terminar de reunir seu esquadrão que me unirei a vocês, por hora suma daqui, você arruinou meu trabalho !!

Onimaru sorriu de forma sem graça fazendo uma reverência como se pedisse desculpas, mas curiosamente aquele ato não pareceu ser para Kuroni, e a outra única pessoa que estava na sala pareceu perceber isso, entrando em total desespero.

Hagebane Kurou escreveu:Aquele idiota fala demais, infelizmente não vou poder permitir que você saia daqui após ter escutado o que foi dito ... Se bem que com sorte você pode sair daqui vivo, só não espere que sua mente esteja intacta.

Onimaru deixou a sala a tempo de ver mais lágrimas serem vertidas dos olhos da vitima da vez de Kuroni, para logo em seguida ouvir o recomeço dos urros de desespero, sentindo novamente um frio na coluna.
avatar
Kaguya Onimaru
Genin
Genin

Mensagens : 23
Data de inscrição : 09/04/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 01 - A Névoa Vermelha

Mensagem  Nakamura Tetsu em Seg Maio 16, 2016 7:40 pm

Espreguiçou-se ao ouvir o término das instruções do Kage, logo após ajustava a bainha de sua lâmina. Rumou na direção da saída do local de reuniões, levando a mão ao queixo, pensando sobre seus possíveis recrutas, e rapidamente tinha as duas pessoas perfeitas para fazer parte de seu esquadrão, ambos foram seus companheiros em missões passadas e os conheciam muito bem.

O primeiro companheiro a ser recrutado era o cientista louco dos Caçadores de Renegados, conhecido pelo nome de Ryu. Suas habilidades médicas e de confundir a mente alheia poderiam ser extremamente úteis num combate, principalmente quando se tratava deste homem, onde sua humanidade era praticamente inexistente.

O Oinin levara poucos minutos para se distanciar da Vila e chegar ao local do laboratório particular de Ryu, onde o tráfego de pessoas era inexistente. Algumas pessoas diziam que aquele local era amaldiçoado, pois relatos populares indicavam que pessoas mortas foram avistas transitando pela área, como se estivessem vivas, porém o Nakamura tinha plena noção das experiências executadas ali pelo cientista.  Adentrava ao recinto sem temer, possivelmente sua presença já havia sido notada, mas continuou a caminhar lentamente, indo na direção da sala de experiências, onde certamente seu antigo estaria.

Na direção das 12 horas era possível avistar uma luz no fim do corredor, o que indicava que o homem estava ocupado. À medida que se aproximava, pudera ouvir o barulho de metal sendo manipulado, possivelmente os equipamentos que eram utilizados para dissecar Shinobis.

Nakamura Tetsu escreveu:- Ninguém para receber um velho amigo? Nem mesmo um dos seus Zumbis? Sua educação já estivera em melhores condições, Ryu.

Comentou Tetsu, observando que o homem estava sem sua máscara de Oinin. Adentrava ao laboratório, deparando-se com uma cena que causaria calafrios em muitos: o cientista estava retirando o couro cabelo de um cadáver que estava sobre uma maca metálica.

Ryu escreveu:- Você não é bem-vindo aqui.

Respondeu o homem, sem demonstrar nenhuma afeição por Tetsu. Após retirar o couro cabeludo do cadáver, ele continuava a retirar todos os tecidos, até avistar o cérebro do homem morto.

Ryu escreveu:- O que você quer? Tenho muito trabalho a fazer.

Nakamura Tetsu escreveu:- Estava de passagem pela região e resolvi visita-lo.

Disse o Oinin, enquanto observava o cientista retirar o cérebro do cadáver.

Nakamura Tetsu escreveu:- Ainda tentando reanimar um cérebro morto? Da última vez que me lembro o cérebro reanimado conseguiu ficar vivo durante 5 minutos, isso causou alguns transtornos na vizinhança.

Ryu escreveu:- Desde aquele tempo não recebo visitas inesperadas, a exemplo da sua neste momento. E não interessa o que estou fazendo, adquirir mais conhecimento nunca é demais.

Nakamura Tetsu escreveu:- Lembro bem que este seu bisturi quase me matou naquela vez, mas certamente isso foi um “acidente”, certo?

Tetsu sorria, a ferida provocada pelo bisturi ainda permanecia em seu corpo em forma de cicatriz na altura do estômago. De repente, um daqueles equipamentos feitos de metal fora lançado por Ryu na direção do Nakamura, que por sua vez defendia-se rapidamente com a bainha de sua espada que era feita de ferro, rebatendo o instrumento médico. O barulho que o mesmo fazia ao entrar em contato do chão devido a queda foi único ouvido dentro de um intervalo considerável de tempo, mas logo o silêncio foi interrompido.

Ryu escreveu:- Seus reflexos continuam ótimos, Tetsu.

Nakamura Tetsu escreveu:- Estou sempre na ativa, enquanto você tenta ressuscitar pessoas. Mas não quero tomar seu tempo, estou aqui por que preciso das suas habilidades.

Ryu escreveu:- Precisa? E o que eu ganharei em troca?

Nakamura Tetsu escreveu:- Sim, preciso. Estamos entrando em Guerra contra Konoha, iremos apoiar Kumo numa investida. E caso a oportunidade surja em meio ao caos, atacaremos Kumo. Essas são as ordens do Kage. Alguém com suas habilidades curativas e seu controle sobre a mente humana seriam bastante úteis no combate, além da experiência em combate. Quanto a ganhar alguma coisa, você pode coletar quantos cadáveres quiser de nossos inimigos para estuda-los e alimentar essa sua fome por conhecimento, qual lugar melhor seria para coletar corpos do que uma guerra?

Tetsu sabia da obsessão que o homem tinha por corpos mortos e também sabia que precisava deles para alcançar seu grande sonho, recriar a vida, como se fosse um verdadeiro Deus.

Ryu escreveu:- Você não precisa me bajular. Sei bem das minhas habilidades e que elas são raras nessa Vila. A oferta parece ser interessante, mas o que garante que voltarei vivo para casa?

Nakamura Tetsu escreveu:- Nós dois sabemos que você não precisa de nenhuma proteção, seus companheiros sem raciocínio fazem isso por você. Ou até mesmo suas Ilusões.

O cientista louco sorriu com o canto da boca, ajustando seus óculos logo em seguida.



Ryu escreveu:- Certo. Poderei me juntar a essa cruzada sem sentido do Mizukage, contanto que sua palavra seja mantida. Também há alguns companheiros de Vila que gostaria de estudar, e caso eles sejam infelizmente mortos, levarei seus corpos comigo. Minha pesquisa está próxima de ter resultados satisfatórios. Agora vá embora, ou então nosso amigo aqui poderá colocá-lo para fora.

Nakamura Tetsu escreveu:Estou até me tremendo de medo. Partiremos em uma semana.

Respondeu o Oinin, num tom sarcástico. Apesar de ter suas diferenças e suas particularidades, ambos se respeitavam com adversários formidáveis. Antes que pudesse sair do recinto, observou que o homem colocava aquele cérebro retirado em um líquido denso, possivelmente para conserva-lo. Ryu seria uma peça chave para o sucesso da missão, suas habilidades eram formidáveis, juntamente com seu conhecimento da anatomia humana.
avatar
Nakamura Tetsu
Genin
Genin

Mensagens : 8
Data de inscrição : 02/04/2016
Idade : 21
Localização : Alagoas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 01 - A Névoa Vermelha

Mensagem  Nakamura Tetsu em Sab Maio 21, 2016 10:39 am

No dia seguinte após seu primeiro recrutamento, Tetsu tinha em mente que deveria chamar mais uma pessoa para que seu time estivesse completo. Ambos recrutados seriam de extrema importância no andamento da batalha, e como seus ex-companheiros, o Oinin tinha conhecimento pleno de suas habilidades.

Seu destino no dia atual era o Monastério de Shen, um local que ficava além das nuvens, lá ele poderia encontrar a peça que faltava em seu tabuleiro, o destemido Watanagi Kamui, o monge cego. Um usuário de Doton extremamente poderoso, e aqueles que pensavam que ele era um pobre coitado acabaram se enganando e sendo massacrados. Kamui tinha a incrível capacidade de Biolocalização através do solo – justamente por isso ele andava sempre descalço. Todos os seres que tocassem o chão num certo raio ele poderia sentir com seus pés e saber a exata localização daquela pessoa. Além disso, seus reflexos eram extremamente apurados, assim como sua audição, o que fazia dele um combatente completo, apesar de não ter visão.

A subida era árdua, mas a visão que o Nakamura tinha ao subir completamente a montanha era magnífica, assim como os portões gigantescos que guardavam o Monastério. Sua máscara era a sua permissão de entrada naquele lugar, todos o conheciam como membro do Esquadrão de Caçadores de Renegados, sua fama ali era gigantesca, assim como sua lâmina extremamente conhecida.

Após adentrar no edifício, o Oinin rumou na direção do pátio principal, onde Kamui ensinava Taijutsu para algumas crianças, futuros monges. O Monastério de Shen não seguia as mesmas doutrinas da Névoa Sangrenta, e justamente por isso quase todos os alunos eram aprovados e viravam monges. Nunca se soube o verdadeiro motivo do Watanagi virar um monge, mas sabe-se que desde a morte de sua filha em um exame da Academia Ninja para torna-se uma Genin ele mudara completamente. Tetsu não o culpara, certamente teria a mesma mudança de comportamento caso algum familiar próximo fosse morto e iria buscar a redenção de sua vida.

Tinha em mente um plano para caso o homem negasse seu convite. Kamui não desejava o bem do atual Mizukage, em muitas das vezes declarou que não iria seguir um homem tão impetuoso, porém o Oinin sabia do amor à sua vila era, o que restava da época que participara do Esquadrão de Tetsu Aquela guerra era de grande importância para que a memória de sua filha permanecesse intacta, assim como todo o patrimônio conquistado por ele.

Watanagi Kamui escreveu: Ora, ora. Se não é Tetsu-san em pessoa, a que devo a honra, meu caro amigo?


Falava o homem, sendo bastante simpático e se aproximando do local reservado que Tetsu se encontrava, um pouco distante das pessoas.

Nakamura Tetsu escreveu:Quem é vivo sempre aparece, meu caro. Como não posso perder tempo, irei direto ao ponto: em breve estaremos entrando em Guerra contra Konoha, iremos apoiar Kumo nessa empreitada, mas a qualquer momento poderemos atacar a Nuvem. Ordens do Mizukage-sama. Venho aqui humildemente recruta-lo para participa de meu Esquadrão nessa batalha, assim como nos velhos tempos.

Dizia Tetsu, olhando o rosto de todos os alunos, eles pareciam não estarem entendendo o que estava acontecendo.

Watanagi Kamui escreveu:Você só pode estar de brincadeira, certo? O que o Mizukage tem em mente? Aquele homem não conhece os limites da vida?

Perguntava Kamui, aparentemente indignado com a situação.

Nakamura Tetsu escreveu:Vivemos em uma época de guerra, Kamui. Precisamos aproveitar todas as chances que aparecem para tentar aumentar o número de Bijus sob nossa proteção e utiliza-los para massacrar os inimigos, esse é o nosso jeito de fazer as coisas, a Névoa deve se sobressair. O Mizukage é apenas um homem, suas ideologias nunca serão superiores à do nosso povo, e é por eles que devemos ir para a batalha, não por um homem que é completamente egoísta. Lembre-se da sua filha, você deve manter a memória dela viva. A guerra, para você, irá servir para que se certificar que ela nunca será apagada por uma suposta invasão futuramente.

As palavras de Tetsu eram as mais sinceras possíveis, o Espadachim e o Monge já foram grandes amigos, mas devido a algumas convergências ideológicas, ambos se afastaram um pouco.

Watanagi Kamui escreveu:Você tem razão. Mas o que garante que o Mizukage não irá instalar o caos? Conhecemos sua fome por poder.

Indagava o homem, fazendo Tetsu ficar pensativo e ter um pequeno momento de reflexão.

Nakamura Tetsu escreveu:Não temos essa certeza. Ele provavelmente é o homem mais poderoso do País, mas um dia ele será traído por suas próprias atitudes e as consequências de seus atos irão vim. Não estamos nessa guerra para ajudá-lo a aumentar seu poder e sim para ajudar nosso povo, garantir que ele não seja atingido.

A paixão de Tetsu por sua nação era evidente, mas tinha plena noção que deveria respeitar seu superior ou algumas suspeitas poderiam ser levantadas contra sua pessoa.

Watanagi Kamui escreveu:Eu entendo.

Dizia o homem, parecendo estar pensativo e levando a sério a situação.

Watanagi Kamui escreveu:Tudo bem, eu acompanharei você nessa jornada. Com uma condição, o Mizukage não irá colocar suas mãos sujas nesse Monastério, meus alunos não serão contaminados pela sua ideologia de destruição.

Nakamura Tetsu escreveu:É você quem manda. Partiremos dentro de poucos dias, esteja preparado. O Esquadrão será formado por minha pessoa, você, Ryu – aquele mesmo -, e mais três ninjas, um deles é uma criança Kaguya, boa pessoa, mas deve ser olhado com cuidado.

Explicava a situação para o companheiro, tendo em vista uma possível formação estratégica.

Nakamura Tetsu escreveu:Eu já vou indo, até mais ver. Obrigado por aceitar meu convite.

Dizia o Oinin, despedindo-se do amigo. Seu grupo estava pronto, desejava que o rapaz de cabelos brancos tivesse recrutado ninjas habilidosos e não pedaços de merda.
avatar
Nakamura Tetsu
Genin
Genin

Mensagens : 8
Data de inscrição : 02/04/2016
Idade : 21
Localização : Alagoas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 01 - A Névoa Vermelha

Mensagem  Kaguya Onimaru em Ter Jun 14, 2016 12:23 am

O ultimo membro para formar a sua equipe, assim como Hagabane, era uma aposta arriscada no entanto por razões completamente diferentes com repercussões muito mais graves e "letais". A pessoa em questão possuía as habilidades necessárias para missão, considerando todas as qualidades estava pronto para um desafio como aquele que seria proposto,um candidato realmente acima da média, no entanto, mesmo com todos os pros falando a seu favor existiam também os contras que faziam o subconsciente de Onimaru implorar para que procurasse um outro candidato. O Kaguya teve muito tempo para pensar, o caminho até o ponto no extremo sul da ilha onde se encontrava Kirigakure constituía uma viagem de três dias, e por ir sozinho sua única companhia era sua mente cheia de duvidas e hesitação, Onimaru era um idiota, todos sabiam disso, mas mesmo um grande idiota sabe onde não deve se meter, e ele estava prestes a contrariar aquela regra.

Após 2 dias e meio ele se superara chegando no local em tempo recorde, ofegante a fumaça deixava sua boca demonstrando que havia chegado ao seu destino. Olhando para o céu pode perceber os flocos de neve dançantes pairando pelo ar até tocarem o seu rosto, a temperatura ali era ainda mais baixa que em qualquer outra região de Névoa, qualidades geográficas que tornavam aquele território o local ideal para um dos clãs mais proeminentes do Pais da Água ... O Clã Yuki.

O Candidato em questão ... Yuki Kega.

Os prós: extremamente habilidoso na manipulação do Hyoton, a Kekkei Genkai do clã que manipula o gelo, especializado na arte da captura, treinado por um dos melhores shinobis do Clã e da Névoa em si de todos os tempos, e simpatizante de Onimaru.

Os contras: inexperiente apesar das habilidades devido a pouca idade, arrogante por ser irmão de um dos melhores shinobis do Clã e da Névoa de todos os tempos, e ser seu ex-cunhado.

Kega era o irmão mais novo de Yuki Kogarashi, na humilde opinião de Onimaru a Kunoichi era talvez o ninja mais poderoso de todo o Pais da Água. Apesar de ser subordinado de Matsuyama era Kogarashi quem realmente lhe assustava pra valer. Ele teve o prazer/desprazer de conhece-la na intimidade uma vez que se relacionaram por um longo período, uma época em que o jovem Kaguya se sentiu um verdadeiro "escravo do amor", no pior sentido do termo. Só de lembrar se arrepiava por completo, tentando bloquear suas memórias para não trazer átona mais lembranças. A única razão de ter ido até ali era por saber que a chance de se encontrar com sua Ex era mínima, desde a morte do ultimo Mizukage a Kunoichi deixou a vila por se recusar a aceitar Matsuyama como seu superior. Kogarashi era megalomaníaca e possuía uma sede de poder que a tornava incompatível com qualquer um que exibisse autoridade sobre ela, curiosamente mesmo com seu desaparecimento Matsuyama jamais a classificou como Nukenin, sabendo que seria tolice enviar qualquer um caça-la sabendo que seria inútil e que poderia acarretar repercussões graves na sua cadeia de comando.  

Historias de amor a parte ele estava ali pelo irmão caçula do monstro, Yuki Kega sempre se deu bem com Onimaru, apesar de ter a força da irmã como referência aprendeu a admirar a competência do cunhado, e isso aliado ao fato de nunca superproteger o garoto, fazia com que Kega criasse um bom vinculo com o Kaguya. Após chegar ao sobrado onde o ramo do clã pertencente a Kogarashi se estabelecia, não demorou muito para encontrar Kega na surdina.

Kaguya Onimaru escreveu:Psiu, ei pirralho, aqui ...

Onimaru apesar de sorrir olhava para todos os lados como se a qualquer minuto o próprio demonio poderia surgir e captura-lo novamente o arrastando ao inferno. Kega piscou os olhos tentando entender, mas logo exibiu um sorriso gentil típico de um garoto de 13 anos, mas que logo em seguida se acentuou esboçando uma risada quase que desvairada.

Kaguya Onimaru escreveu:Ahh caramba, sério mesmo ?!

Um estrondo absurdo arrombou a parede as costas de Onimaru, enquanto sua bochecha se deformava em contato direto contra o punho de Yuki Kega e seu corpo cortava o ar como uma flecha. Após alguns segundos chutou o abdome do jovem shinobi para se afastar enquanto girava no ar para cair de pé sobre um telhado próximo.

Yuki Kega escreveu:Oni-niisan porque apenas comigo você continua baixando a sua guarda ?! Assim fica difícil colocar intenção assassina no primeiro golpe.



Onimaru cuspiu um pouco de sangue no chão, enquanto balançava a cabeça em lamentação, para logo então reclamar.

Kaguya Onimaru escreveu:Droga pirralho em não consigo evitar, você tem a cara esculpida e escarrada da sua irmã, toda vez que eu te vejo a primeira sensação que tenho e a de me borrar de medo.

Yuki Kega escreveu:HAhahahahahaah, você continua o mesmo frouxo de sempre ... Não precisa se preocupar, Nee-san ainda não retornou, mas veja pelo lado bom, sem ela por perto eu posso ver do que você é capaz.

Kega levou ambos os braços atrás das costas e imediatamente pode ouvir o som metálico dos aparatos característico do garoto, suas manoplas em garra, e quase que imediatamente ele voltou a investir contra seu oponente. Onimaru por sua vez, após afastar a primeira impressão começou a evadir os ataques com certa segurança, enquanto prossegui com o dialogo.

Kaguya Onimau escreveu:Claro que sua irmã não está aqui, se ela estivesse eu não teria vindo ... Oe moleque, mais respeito com os mais velhos, essas coisas são perigosas ... E eu já te disse para guardar elas no armário como lembrança e parar de usar como arma.

Onimaru se lembrava bem daquelas manoplas, era mais uma prova de quanto o garoto foi mimado pela irmã, aquele era apenas mais um dos presentes que a mesma lhe dava quando voltava de alguma missão, as manoplas em especial Onimaru se recordava por estar junto da Kunoichi quando fora dada de presente a ela pelo Daimyo do Pais da Neve, quando ambos realizaram uma missão em seu território. Onimaru não gostava do apego que Kega tinha a elas, não por serem um presente da sua querida irmã, mas sim por ele as vezes depender demais delas.

Yuki Kega escreveu:Você é apenas um invejoso ... Mas se acha que eu sou o mesmo da ultima vez vai se arrepender.

Kega ergueu as mãos frente ao corpo e seguido de um estalo metálico as unhas da manopla se desprenderam e voaram em sua direção desenhando trajetos tortuosos no ar, ele conhecia bem aquele padrão, desviar não seria uma manobra complicada, no entanto algo não pareceu certo. Um olhar mais atento revelou um brilho diferente no que deveria ser um cinza metálico, e antes que pudesse se dar conta compreendeu que os fios de aço estavam recobertos por uma fina película de gelo.

Kaguya Onimaru escreveu:"Ohhh, o garoto aprendeu a usar o Hyoton junto com a arma, e eu mal pude vê-lo executar os selos ... Nada mal"


As linhas de aço e gelo circundaram seu corpo o amarrando na altura dos braços, a temperatura pareceu cair bruscamente e ele estava a segundos de ver a "expertise" do menino Yuki em capturar seus adversários, mas antes que o pior acontecesse Onimaru fez uso de sua Kekkei Genkai exaltando ossos dos seus braços que afrouxaram um pouco as linhas o suficiente para que ele pudesse fugir das amarras.

Kaguya Onimaru escreveu:Uhh, essa foi por pouco !! Calma pirralho, melhor salvar essa energia toda se quiser deixar sua irmã orgulhosa e servir aos propósitos da Névoa ... Eu tenho um convite a lhe fazer.


O jovem shinobi do clã congelado piscou retraindo as garras para sua posição original e imediatamente questionando:

Yuki Kega escreveu:Que convite ?!

Finalmente o garoto pareceu interessado em colaborar e ouvir, cessando os ataques e prestando total atenção no que estava por vir.

Kaguya Onimaru escreveu:Quero que você me empreste a força do Clã Yuki e me ajude numa missão ... Eu sei que você jamais colocaria o Hyoton sobre os serviços de Matsuyama, mas gostaria que fizesse por mim e não por ele.

Onimaru pode ver Kega trincar os dentes ao ouvir o nome de Matsuya, mas permaneceu em silencio sinalizando para que ele continuasse e fosse direto ao ponto.

Kaguya Onimaru escreveu:Pirralho, eu e você vamos capturar o Hachibi !!

Onimaru sorriu e imediatamente o mesmo se refletiu no rosto de Kega, o Kaguya pode ver os olhos do garoto brilharem de forma intensa, para logo em seguida ver sua proposta ser aceita com uma reverência e um simples ...

Yuki Kega escreveu:Osu !!
avatar
Kaguya Onimaru
Genin
Genin

Mensagens : 23
Data de inscrição : 09/04/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 01 - A Névoa Vermelha

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum